• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 24 de março de 2019 04:44:10
Nordestinas
  • 14/03/2019 06h49

    COMENTÁRIO DO DIA: Andando em rastro de cobra!

    Ouça o comentário da Política Real
    Foto: site Brasil Acadêmico

    Tem gente que vira e mexe anda em rastro de cobra

    ( Publicada originalmente às 09h 49 do dia 13/03/2019) 

    (Brasília-DF, 14/03/2019) O Presidente Jair Bolsonaro é um afortunado, a vida pública sempre lhe foi benfazeja. Ele saiu da vida militar e entrou na vida pública no Rio de Janeiro, terra onde existem mais militares baseados. O Rio foi capital da República, existem vários comandos e tem uma grande força de policiais e bombeiros militares.  Ele conseguiu tem um eleitorado fixo. Coisa que ninguém.

    Foi eleito presidente da República nas condições que todos conhecem, mas, como se diz, de ontem para hoje ele parece que andou em rastro de cobra, parece quanto mais ele rezz mais assombração aparece.

    Esse caso de Marielle Franco e Anderson Gomes acabou expondo conincidências que a vida pública não perdoa.

    Coisas que só a política explica.

    OUÇA AQUI

    LEIA AQUI

    COMENTÁRIO

    12 de março de 2019. Estava tudo pronto, certinho, para ser um dia bom para o Governo de Jair  Bolsonaro, em contagem regressiva para viagem aos Estados Unidos, onde ele e Donald Trump prometem fazer uma evento marcante para a história dos dois países.

    O  tal do Mercado estava feliz com Paulo Guedes e a reforma da Previdência, Executivo e Legislativo prometiam sintonia com formação de comissões temáticas na Câmara dos Deputados, o Ministério da Educação anunciava mudanças para acabar atritos, o Planalto indicava vice líderes que atendiam a bancada evangélica, que andava desgostosa.

    Justamente nesse dia, oportunidade em que Câmara e Senado iriam votar projetos de interesse das mulheres, a Polícia do Rio de Janeiro prende dois ex-policiais que seriam os autores do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, mortos a quase um ano com grande repercussão internacional.

    Pior, um dos suspeitos morava no condomínio onde o Presidente Jair Bolsonaro tem residência, um outro tem foto em redes sociais ao lado do chefe de Governo e um deles tem uma filha que namorou um dos filhos do Presidente da República.

    São muitos solavancos, são muitas emoções.

    Nós todos, acredito, queríamos só que o Brasil voltasse a funcionar melhor, mais emprego, economia andando, menos violência,  menos corrupção.

    Como dizem os baianos, onde nasceu o Brasil: todo mundo quer comer abará, mas não sabe o trabalho que dá!

    Foi Genésio Araújo Jr, de Brasilia

    ( da redação)